Avaliações alternativas em ambiente digital: em busca de um novo modelo teórico-prático


Resumo


A temática central deste artigo refere-se às concepções e aos processos de avaliação da aprendizagem que, sob influência das novas tecnologias de informação e comunicação, possibilitam a prática de avaliações digitais. A questão norteadora da pesquisa esteve centrada nas possibilidades de realização de avaliações alternativas em ambiente on-line, para além dos modelos convencionais psicométricos, buscando uma aproximação com um novo conceito para o processo avaliativo: o de modelos edumétricos. O corpus da pesquisa centrou-se na análise do processo e do sistema avaliativo de um curso de formação continuada de professores da educação básica, realizado em ambiente virtual de aprendizagem. Autores como Porto (2005), Pinto (2016) e Amante (2017) foram utilizados para fundamentação dos estudos. A análise baseou-se no modelo teórico PrACT (Praticabilidade, Autenticidade, Consistência e Transparência), desenvolvido por professores pesquisadores da Universidade Aberta de Portugal. A pesquisa tem abordagem qualitativa por meio do estudo de caso descritivo, tendo como fontes de estudo de campo documentos institucionais e o próprio ambiente virtual do curso analisado. Como resultado, constatou-se a multiplicidade de alternativas de tarefas avaliativas realizadas de modo digital. Pela análise do modelo PrACT, identificou-se a utilização das dimensões da praticabilidade, da autenticidade e da consistência em maior grau no modelo do curso, assim como a necessidade de se repensar a dimensão da transparência. Concluiu-se que o curso se aproxima consideravelmente do paradigma edumétrico e do modelo PrACT, sendo possível realizar adequações.


Palavras-chave: Avaliação digital. Educação on-line. Formação continuada de professores. Modelo PrACT.



Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags