Formação continuada dos professores com utilização de recursos tecnológicos: O projeto TV Multimídia


Resumo

Esta pesquisa qualitativa baseada em um estudo de caso surgiu da investigação sobre a prática pedagógica dos professores da Rede Estadual do Paraná a partir da implantação do Projeto TV Multimídia, que propõe a utilização de recursos tecnológicos em sala de aula. Foram analisados tanto o processo de formação continuada que a TV Multimídia proporciona aos educadores quanto as implicações em possíveis mudanças de paradigma didático nas práticas docentes. Se, por um lado, o uso de novas tecnologias propicia mudanças na prática pedagógica do professor, ou se, por outro lado, o educador, passado o primeiro momento de adequação ao recurso midiático, volta a repetir seu padrão metodológico de ensino, repetindo e hierarquizando a detenção do conhecimento. O Projeto TV Multimídia foi desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação do Paraná e implantado nas escolas estaduais no ano de 2007. O projeto configura-se em uma experiência de aprendizagem com o uso de tecnologias de informação e comunicação, já que faz uso da televisão e do pen drive para exibir em sala de aula conteúdos de apoio às disciplinas obrigatórias da grade educacional. A TV Multimídia abrange TVs diferenciadas em sala – com entrada para pen drive –, DVD, VHS, retroprojetores, caixas de som, além de oferecer pen drives de 2GB para os professores, cursos de formação continuada e objetos de aprendizagem no Portal Dia-a-dia Educação. A pesquisa partiu da leitura crítica da proposta do Projeto TV Multimídia e da análise das contribuições de vinte professores e dois coordenadores do projeto, que concederam entrevistas. As referências para a construção das reflexões do estudo foram FREIRE (1986; 1995), SANCHO (1998), GADOTTI (2000), TEDESCO (2003), BEHRENS (2005; 2006), MORAN (2005; 2008) e KENSKI (2008), entre outros teóricos que discutem o uso de tecnologias na educação, a formação de professores e os paradigmas educacionais. A investigação desta temática permitiu perceber que o problema está na raiz. Há professores que nunca foram qualificados para utilizar qualquer recurso tecnológico. Espera-se que sejam oferecidos cada vez mais cursos de formação inicial e formação continuada, para que haja realmente uma melhoria nas salas de aula das escolas brasileiras. E, que o professor adquira o desejo de transformar sua prática profissional de maneira relevante e significativa.

Palavras-Chave: Projeto TV Multimídia; tecnologias de informação e comunicação; prática pedagógica; formação continuada; objetos de aprendizagem.

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags