A formação continuada de professores numa prática pedagógica com a utilização de tecnologias


Resumo

A relevância deste estudo se deve à importância de se fazer constantemente pesquisas sobre a formação continuada de professores, especialmente sobre os que utilizam novas tecnologias em sua prática pedagógica. Sendo assim, este estudo pretende fazer uma reflexão se o uso de novas tecnologias nas salas de aula propiciam mudanças no paradigma didático utilizado pelo professor. Ou se, por outro lado, o educador, passado o primeiro momento de adequação ao recurso midiático, volta a repetir seu padrão metodológico de ensino, repetindo e hierarquisando a detenção do conhecimento. O fato de os professores estarem interagindo com as novas mídias e fazendo capacitações para seus manuseios, facilita e condiciona o nível de aproveitamento da evolução tecnológica na sala de aula. E, com isso, possibilita uma autoavaliação de sua prática pedagógica. A reflexão crítica das dificuldades existentes dentro do ensino que utiliza tecnologias, por si só, já deflagra professores interessados em construir saberes e transformar metodologias tradicionais de ensino. Os avanços científicos e tecnológicos pedem um novo olhar do professor e uma adequação do papel da escola. Por outro lado, estes mesmo avanços geram um aluno voraz, faminto por informações que permitam a troca de conhecimento e a navegação por todas as possibilidades de aprendizado. Esta pesquisa-ação envolveu 21 professores participantes que discutiram, leram e produziram individual e coletivamente o conhecimento, e assim puderam revelar que a mídia pode ser um elemento de auxílio na formação dos professores. O estudo coletivo envolveu os paradigmas educacionais que já existiram no Brasil e depois pesquisou se o caminho que a educação vem tomando frente às mudanças nas tecnologias necessita de uma adequação dos educadores, desde cursos de capacitação sobre as novas ferramentas educacionais até uma mudança paradigmática na prática pedagógica. O processo de pesquisa-ação permitiu fazer uma investigação teórica sobre a temática do estudo por meio de uma bibliografia que contou com autores como: Behrens (1996), Demo (1996), Gadotti (1991), Freire (1986), Morin (2001), Tedesco (2004) e Belloni (2001).

Palavras-chave: Formação continuada; Paradigmas educacionais; Professores; Educação; Tecnologia.

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags